Você vive o ontem, o hoje ou o amanhã?

Você desperdiça grande parte do seu potencial e energia, simplesmente por viver em tempo contraditório.

Quantas vezes você não repete para si mesmo “Se eu tivesse feito isso naquela época, tudo seria diferente.”? Sim, provavelmente seria, mas aceita uma coisa: Passado é algo que já aconteceu e não volta. Não conseguimos mudar os fatos, porém, ele é um grande mestre que nos ensina onde acertamos, onde erramos e como podemos fazer melhor ou diferente em uma próxima oportunidade. Se você o trata desta forma, ele só te traz aprendizado e evolução, mas se você força o seu passado a ser o que ele não é, a ser o seu presente, ele te trará frustração, estagnação e pode até mesmo te levar a um estado depressivo.

E quantas vezes você não se pega falando “Mas e se não der certo…” Primeiramente, se você não plantar, você não irá colher, e se você não tentar, você nunca irá saber. O futuro serve para ser planejado e é a inevitável colheita do que semeamos. Sem ele não existiria razão para nossas metas e objetivos existirem, entretanto, viver apenas de futuro pode gerar ansiedade extrema, falta de foco, de realidade e, consequentemente, de ação.

Sabendo disso, para que sua vida flua de uma forma saudável, respeite o seu passado e o seu futuro, deixe-os no lugar deles e dê a devida atenção ao seu presente. Viva o tempo coerente. Como o próprio nome diz, presente é uma dádiva. É quando você tem a oportunidade de colher os aprendizados do passado, se tornar mais evoluído, traçar melhorias para o seu futuro, colocar em prática e assim, semear o que você pretende colher no seu futuro.

O que você aprendeu no PASSADO?
O que você quer colher no seu FUTURO?
O que você pode fazer ainda HOJE para alcançar o que deseja lá na frente?